Sily, Quick Blade

Shadow is a warm friend....

Description:

Existem pessoas nascidas com sorte? Que veem de uma linhagem de nobreza nascidas em berço de ouro, fartos em comida e longevidade? Me nego a responder tal perguntar diante dos fatos inusitados que aconteceram ao longo de minha vida, no qual, comecei já bem distantes dos reais prazeres que esta vida poderia me oferecer, principalmente sendo procedente da sociedade élfica conhecida por suas belezas, riqueza e sua vasta historia.

Nasci em um pequeno vilarejo distante da Boca do Ogro, era um local pacifico e cheio de prosperidade, um vilarejo de caça e conhecido por suas laminas rápidas era o principal afazer de nossas meras vidas e longas afinal já tinha mais idade que um humano comum, vivencie momentos, guerras e lutas mesmo ainda sendo uma pequena e inocente criança élfica.

As diversas guerras estavam sendo pronunciadas, não somente pelos homens, como também pelos nascidos e treinados pelos elementos, não tenho uma aliança formada e assim preferindo a neutralidade. A sociedade élfica estava cada vez mais perdendo seu poder e sua importância na época.

Em meados de uma noite fria e aparentemente calma doze cavaleiros usando vestimentas de luxo e armaduras completas chegaram a cidade, estava trabalhando e ajudando no recolhimento de alimento e lenha pois o inverno era sempre rigoroso na região, montados em grandes cavalos de cor marrom e o líder, no qual, era o único com um cavalo negro berrou:

- “Mate todos os elfos! Não poupem ninguém, mulheres e crianças devem ser pendurados na arvore central e os homens decapitados e suas cabeças presas em lanças!”

Neste momento minha vida mudou e o caos tomou conta do local.

Era apenas uma criança quando minha vila foi devastada por esses doze homens, me lembro perfeitamente como eles eram e como se vestiam, pude observar que eram oito cavaleiros usando armaduras completas, dois praticamente de magia, que foram responsáveis por incendiar completamente a vila e dois arqueiros sendo um deles um próprio elfo com cabelos negros e aparência escura.

Havia um ultimo homem, o décimo segundo que aparentemente era o lider, sua armadura era magnifica com símbolos de sua divindade que aparentava uma caveira, seu cavalo era negro que na noite se camuflava junto a escuridão, lembro-me que além de sua cor escura sua crina completa pegava fogo, era assustador e belo.

Foi uma longa noite a vila estava devastada e completamente em chamas, lembro que meus pais me pediram para me esconder num pequeno buraco e ali fiquei durante 2 dias, ao sair fiquei horrorizado com o que eu estava vendo, Simba meu protetor e minha divindade havia se esquecido nos, havia perdido completamente a esperança estava vazio a vida não existia mais em meu olhar, assim quando um homem de aparência suja e arrogante me rendeu e me levou como escravo.

Cheguei num local bem próximo a Boca do Ogro, onde basicamente vivencie o restante de minha vida, agindo como escravo e sendo preparado para ser um assassino e gladiador, eles sabiam que nossa vila era famosa por sua expertise em armas e aproveitaram de um inocente e vazio elfo para me preparar para a morte.

Aquele homem fedia, arrogante e manipulador, fui alvo de piadas e muita punição quando cheguei aquele forte, frio, escuro e completamente sujo. Ao me registrar como seu escravo sem liberdade somente a tendo com o fim de minha vida, olhei para aquele homem com um olhar frio e vazio e disse:

- me chame de doze.

Doze era em memoria o que ocorreu em meu vilarejo e para nunca me esquecer das pessoas que trouxeram o desespero e a morte de meu povo, no qual, jurei procurar, saber e exterminar.

Passaram vários anos e já estava alcançado a juventude para minha raça havia me especializado em ser rápido e mortal e para o mundo como Doze, poucos sabiam meu verdadeiro nome, Sily que ao longo do tempo por meus conhecidos acabei virando, Sily Quick Blade. Me tornei muito eficaz na morte lenta e sorrateira deixando meus oponentes confusos, pois não eram capaz de saber de onde via minha lamina ou seta (bolt), aquele arrogante que me tirou da morte certa me transformou em exatamente o que ele queria que eu fosse, um assassino e assim para provar minha especialidade coloquei em pratica meu plano de liberdade. Matar Ghundor, o mesmo idiota que me “resgatou”.

Lembro-me desta noite, havia estudado durante 10 anos como faria a minha fuga do forte e deixaria em sua frente uma lança com sua cabeça empalada, quando aconteceu o inevitável, ele estava em seus aposentos com suas prostitutas, a luz era pouca e as velas estavam quase acabando por completo, havia me camuflado as sobras e com minhas manobras me tornei invisível a olhos comuns. As velas haviam queimado e quando a escuridão tomou conta do local e a única luz era a lua realizei um único tiro, imobilizado e derramando sangue, as prostitutas começaram a berrar e a sair correndo foi minha oportunidade para a distração, ainda com a luz apagada e meu sabre olhei diretamente para os olhos de Ghundor e disse:

- “Aqui esta o resultado do que você criou, agora você não irá fazer mais mau a ninguém”,

Cortei a cabeça e pulei da janela utilizando minhas habilidades.

O Forte estava em alertas, guardas corriam para todos os lados atrás do assassino que eles mesmo formavam, antes de sair passei no armamento e peguei um cinto, no qual, me deixava mais forte em meu dano e ágil no ataque, segui por uma passagem que levava ao lago, por onde os mestres do forte poderiam escapar caso necessita-se, assim que estava fora, percorri pela floresta e desapareci por vinte e cinco anos.

Neste tempo que estive oculto, conheci Hundjager um Kobold treinado na arte do oportunismo, um verdadeiro ladino além dele tivemos em nosso grupo por parte do tempo um grande guerreiro mercenário, no qual, eram um dos poucos que realmente conheciam meu verdadeiro nome.

Era um mercenário, um assassino em busca de cabeças em troca de ouro, porém em meu foco buscar corruptos, adoradores da escravidão e pessoas com almas malignas. Estava entre os melhores da região, mesmo ainda, com a experiência ainda em desenvolvimento.

Soubemos de necessidades na cidade de Amanter e assim foi nosso objetivo, partimos em viagem e estaria me encontrando com Hundjager no local.

Bio:

Sily, Quick Blade

Loucura e Magia - Obsessão ArckanXan