Cultos e Seitas - Parte I

Muito bom dia para todos os meus estimados alunos. Na palestra de hoje irei discorrer sobre alguns cultos, profanos ou não, aos Lordes dos Elementos e sua interação com a população Alysiana. Apenas recordando sobre a diferença entre os Deuses e as Entidades, com estas sendo alienígenas à criação de nosso planeta e aqueles pertencentes e responsáveis pelas própria. O poder, embora em escalas diferentes, para nós mortais, não faz tamanha diferença.

Cultos da água

water_elemental_by_pumpkinhead666-d5b2tmn.png

A Senhora dos Rios (The Lady of Rivers)
N

Pouco se sabe da origem dessa entidade que veio do plano elemental da Água. Sabe-se apenas que ela chegou em nosso mundo juntamente com Lorde Aquerius

Encontrado principalmente no continente de Alysian e Solon, é adorada por pescadores, agricultores sazonais e aventureiros. No sul de Alysian, encontramos o grande Lago Trine, de onde se originam os maiores rios dessa porção do continente, e por toda sua extensão podemos encontrar pequenas capelas ou shrines, ou mesmo oferendas para a Senhora. Sabe-se que na floresta de Amanther seus sacerdotes foram em grande maioria capturados e escravizados pelo culto ao Lorde Aquerius.

Seus ensinos são sobre encarar o ciclo da vida como o ciclo de um rio. Fluído, paciente, persistente. Saber que a força sempre vai se acumulando até se tornar forte como uma torrente. Estar disponível para os mais necessitados e sempre buscar caminhos novos, como a água, para a solução de problemas. Sabe-se de alguns Clérigos poderosos que foram ensinados por servos mais próximos da Senhora, e estes praticam a magia com o aval de Bethel.

Aquerius.jpg

Lorde Aquerius

Quando os Feys de Amanter resolverem dominar os mares e construir uma cidade que chegasse até o coração dos oceanos acabaram cruzando um portal para o Reino Elemental da Água. A Grande Magia Fey acabou por aumentar a potência de tal portal, o que trouxe para Amanther um grande flagelo: Lorde Aquerius.

Lançando seu ataque, ele devastou grande parte do continente de Darkness (hoje resumido apenas a ilha), sendo contido apenas pelos Feys mais poderosos, e aprisionado/selado no fundo da cidade hoje conhecida como Ocean´s Tomb.

A curiosidade e a ganância dos mais desavisados ou egoístas acabou por enfraquecer, milhares de anos depois, o selo sobre o Lorde. Controlando seus lacaios, ele adquire cada vez mais seguidores para um nefasto plano que com certeza deve estar relacionado a muita morte e sofrimento.

(Continua)

Cultos do Fogo

image_t6.jpg

Ordem da Chama Purificadora (Pyros’ Purifying Hand)
CN

Do trecho das Crônicas do Império Vol XIII:

Uma grande população de Gigantes do Fogo foi massacrada pela Guarda Real da Garça do Império de Jade, quando tentou expandir seus domínios. Os poderosos guerreiros e Shugenjas do Imperador cercaram os gigantes e começaram um genocídio. Um dos Shamans clamou aos espíritos por ajuda, e nessa hora um grande vulcão se abriu aos pés de todos os combatentes, engolindo-os em magma.

Diz a lenda que esses gigantes foram tragados e levados ao Senhor do Fogo, Pyros, um lorde elemental da antiguidade, e vinte deles foram escolhidos para sentar ao seu lado e traçar planos para um mundo onde o fogo fosse temido e respeitado. Decidiram então espalhar essa lenda ao mundo mortal, para buscar por acólitos, e os Efreets espalharam a palavra, e a ordem foi criada. Duríssimas provas e testes são propostas aos acólitos, e vinte deles são escolhidos para serem avatares desses colossos e receberem grande poder.

Sua ordem é bem inconstante, tendo como padrão apenas escolher algum lugar aleatório e leva-lo às cinzas, para que possa renascer do zero. Normalmente seus cultistas são bem reclusos.

Agni.jpg

Yaghia
CG

Na ancestral guerra, um senhor da guerra Titã se viu cercado por um lorde do Abismo e suas tropas. Com apenas sua escudeira e um guerreiro de confiança, partiu para a batalha, que durou 10 dias. A região conhecida como “The Broken North” foi o palco da batalha que é relatada como de magnitude inalcançável. Ao final, a terra em sua volta estava completamente desfigurada e uma montanha de cadáveres de demônios aos pés do portal para o Abismo, que foi fechado.

O Titã, porém, foi mortalmente ferido, e toda uma essência demoníaca foi tomando conta de seu corpo. Usando suas últimas forças, ele e seus aliados fundiram sua essência num novo corpo, que recebeu parte dessa energia demoniaca, porém sobre controle.

Uma nova entidade surgiu dessa união, com o nome de Yaghia. Passou um tempo ajudando feridos e sobreviventes, mas decidiu se retirar ao Plano Elemental do Fogo, de onde poderia manipular melhor essa energia abissal sem maiores riscos.

Seu culto se espalha por basicamente todo o mundo, pregando e louvando sobre as qualidades protetoras e revigorantes do fogo. Caçadores, shamans e praticamente todos que vivem em lugares frios louvam seu nome.

Baator_lady.jpg

Culto das Chamas de Baator
LE
(Pode ser consultada para acesso à magia)

Ordem de conjuradores ilegais que se infiltra no meio de comerciantes ou governantes poderosos. Desejam trazer de volta a vida uma entidade chamada Vlaavila, Fey modificada por energia dos Nove infernos.

Por sua posição aberta sobre a magia arcana e divina, desperta basante interesse de curiosos ou tiranos em busca de poder. Mantém seus rituais sobre o mais alto sigilo, e são conhecidos por serem assassinos implacáveis e espiões da melhor espécie.

Cultos do Ar

lightning_shield_final_001.jpg

Filhos da tempestade
CN

O Mais atual dos cultos. Originalmente restrito a um grupo de Shamans que viviam numa ilha ao norte de Cevenberethion, acabou ganhando notoriedade quando um Avatar das Tempestades nasceu em Emboteran, levando os shamans a saírem da reclusa ilha em direção à anciã cidade. Durante a viagem, muito de seu conhecimento foi passado.

O espírito que os shamans cultuavam renasceu nesse avatar, que ficou alguns poucos dias em Alysian, e passou algumas instruções aos seus seguidores. Atualmente os Filhos da Tempestade são Psiônicos, Shamans e alguns raros arcanos que perambulam pelo mundo, sozinhos a maior parte do tempo, seguindo sempre o ciclo das chuvas, que interpretam como auspicioso para novos conhecimentos. Alguns outros reúnem-se e isolam-se em ilhas do mar do leste. Normalmente não se dão bem com a Ordem da Chama Purificadora.

Cultos e Seitas - Parte I

Loucura e Magia - Obsessão Sophuz